Centro de Formação Ordem de Santiago

  • Ecrã completo
  • Ecrã largo
  • Ecrã estreito
  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Oferta formativa 2011 - 2012 - Docente


DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO
MOD.
DURAÇÃO
PUBLICO ALVO
FORMADORES
DATAS
DESCRIÇÃO
PREÇO

Ensino da Língua Não Materna

Oficina

25 horas

110, 200, 210, 220, 300, 310, 320 e 330

Tiago Machete

Abril 10

Das18h30 às 21h30

A heterogeneidade sociocultural e a diversidade linguística dos alunos estrangeiros a frequentar atualmente a escola pública portuguesa representam uma riqueza que necessita de condições pedagógicas e didáticas inovadoras e adequadas para a aprendizagem da língua portuguesa.

Neste sentido, torna-se imperativo facultar as ferramentas pedagógicas e didáticas necessárias aos professores de língua portuguesa, cuja formação de base não contempla a área do ensino da língua portuguesa como língua não materna, pois o sucesso educativo dos alunos estrangeiros que frequentam a escola pública nacional e a sua consequente integração na nossa sociedade estão diretamente relacionados com o seu domínio da língua portuguesa.

75 €

Concepção, implementação e avaliação de instrumentos didácticos para a modalidade BTT (turma 2)

Oficina

25 horas

260

620

Mário Alpiarça

Abril 7 e 8

Maio 5 e 6

9h30 às 13h

14h30 às 18h

Trata-se de uma ação que permite ao docentes adquirirem competências/estratégias que possibilitem aos alunos interiorizar valores humanos, culturais e ambientais. A transmissão de regras de comportamento e condutas cívicas tem aqui uma nova dimensão, onde a regra básica começa pelo instinto de sobrevivência individual e colectivo. A interiorização de regras e condutas desenvolve-se com mais naturalidade, objectividade e claridade.

75€

Gestão e resolução de conflitos/promover ambiente de aprendizagem e cidadania

Oficina

25 horas

Professores do ensino básico e secundário

José Miguel Oliveira

Abril: 11, 17, 20, 24

Maio: 3, 8 e 18

Junho: 5

Das18h30 às 21h30

Atualmente, os problemas de indisciplina no seio das escolas, estão a surgir com bastante evidência. Assim, é necessário ir ao “fundo dos conflitos”, para se tentar descobrir as suas causas e as suas razões ocultas que, por vezes, levam as escolas a não saber qual o passo a dar e quais os instrumentos e as metodologias a adoptar.

É imperativo dotar os agentes educativos para construírem respostas e resolverem os conflitos, de forma assertiva e tolerante. Esta ação mostra-se, assim, pertinente, uma vez que vai trabalhar estratégias de gestão e resolução de conflitos, em ambientes de aprendizagem e de cidadania, num clima que se quer de partilha e de formação cooperada de adultos.

75€

Utilização das TIC no ensino experimental das ciências - 3º Ciclo e secundário

Oficina

25 horas

510 e 520

Carlos Cunha

10-04-2012

Das18h30 às 21h30

O objetivo da ação é a compreensão da Ciência e da Tecnologia, das relações entre uma e outra e das suas implicações na sociedade. O ensino das Ciências deve ser, portanto, encarado como uma via para o crescimento dos alunos e não como um espaço curricular onde se 'empacotam' conhecimentos exclusivamente do domínio cognitivo, com pouca ou nenhuma ligação à sociedade. Trata-se de uma ação que se caracteriza por uma forte componente experimental

utilizando o máximo possível material e equipamentos correntes, de modo a não complicar aquilo que na essência é simples: O pensamento científico.

75€

A utilização do MOODLE em Contexto Educativo

Oficina

25 horas

Todos os níveis de docência

Fernanda Ledesma

A DEFINIR

A formação e a premente actualização dos conhecimentos e competências dos novos recursos humanos, são hoje, um elemento crucial para que consigamos um desempenho eficiente.

Com esta ação pretende-se que os professores adquiram competências para utilizarem com destreza os instrumentos pedagógicos disponíveis na plataforma Moodle.

No final da ação, os formandos devem saber criar as suas próprias disciplinas online usando a plataforma Moodle, integrando nas suas práticas uma disciplina criada nesta sistema.

75€

Sensores, Simulações e Construção de Equipamentos a baixo custo para o ensino das Ciências Experimentais

Oficina

25 horas

510

Carlos Cunha

17-04-2012

Das18h30 às 21h30

O ensino das Ciências deve ser encarado como uma via para o crescimento dos alunos. É cada vez mais partilhada a ideia de que a formação científica dos cidadãos em sociedades de cariz científico / tecnológico deve deixar de contemplar o ensino da Ciência e passe a incluir três componentes: a educação em Ciência, a educação sobre Ciência e a educação pela Ciência. pretende-se privilegiar o ensino experimental da Ciência maximizando a aquisição de competências e o desenvolvimento do raciocínio, trabalhando estas competências em contextos reais.

75€

Utilização Racional de Energia e Energias Renováveis

Oficina

25 horas

Todos os graus de docência

Ana Marques

Orlando Paraiba

10-04-2012

Das 16h30 às 18h30

Esta ação de formação visa sensibilizar a comunidade escolar, para os problemas ecológicos e ambientais, procurando promover uma alteração dos hábitos da utilização da energia, modificando comportamentos e procurando uma participação cívica no seio da comunidade.

Ação de formação realizada ao abrigo do protocolo ENA/CFAE

Mobilidade Sustentável

Oficina

25 horas

Todos os graus de docência

Ana Marques

Orlando Paraiba

11-04-2012

Das 16h30 às 18h30

Ação de formação que visa definir e implementar estratégias de mobilidade sustentável por parte das escolas, fomentar a utilização de modos de deslocação suaves, aliados à promoção da saúde e da qualidade de vida; fomentar a utilização de transportes coletivos, particularmente do comboio, e a partilha do automóvel; promoção da segurança rodoviária nas acessibilidades à escola e a

participação cívica ativa e dinâmica de cooperação no seio da comunidade. Esta formação serve também de complemento à abordagem das temáticas da Mobilidade, Energia, Ambiente e Sustentabilidade nas disciplinas ministradas pelos Docentes pertencentes aos Departamentos de Matemática e Ciências Experimentais.

Ação de formação realizada ao abrigo do protocolo ENA/CFAE

O novo programa de matemática no 1º Ciclo do ensino básico

Oficina

25 horas

110

Célia Mestre

16/04/2012 a 18/06/2012

No presente ano lectivo, com a generalização da aplicação do Programa (NPMEB), todas as turmas do 1.º Ciclo se encontram a trabalhar a área curricular de Matemática de acordo com os novos conteúdos orientações e metodologias. Considera-se, assim, de extrema utilidade um acompanhamento formativo aos professores do 1.º Ciclo. Existe a necessidade dos docentes de sistematizar este acompanhamento, bem como de aprofundar os seus conhecimentos ao nível científico e didáctico da disciplina de Matemática.

75€

CONTAB

(Acção protocolada entre a JPM& Abreu e o CFAE Ordem de Santiago)

Curso

35 horas

Pessoal docente e não docente (Assistentes Técnicos)

Agostinho Sagradas

26-03-2012

75 €

Tutorias e Professor Tutor

Curso

25 horas

2º e 3º Ciclo do Ensino Básico e Secundário

Maria dos Prazeres Casanova

16-04-2012

Das 16h às 19h

A ação visa promover um aprofundar do conhecimento das funções do professor tutor, bem como também possíveis estratégias de atuação. Parece-nos que os skills destes atores educativos deverão ser semelhantes aos preconizados para os diretores de turma. Essa tarefa só pode promover o desenvolvimento pessoal e social dos alunos se o professor souber definir bem as prioridades e promover um trabalho de cooperação com todos quantos nele devem ser envolvidos.

75€

A utilização das TIC nos processos de ensino aprendizagem na área das expressões

Oficina

25 horas

230, 530 e 600

Amilcar Sousa

ABRIL: 11

2ª e 4ª feira

Das 19h às 22h

Pretende-se, com esta ação de formação promover a reflexão/aplicação de metodologias inovadora das TIC, que estimulem novas estratégias pedagógicas, tão relevantes no processo de ensino-aprendizagem nas áreas disciplinares de índole artística e tecnológica. Pretende-se ainda promover a elaboração de recursos educativos digitais e sua disponibilização na internet, que contribuam para o desenvolvimento de mais e melhor ensino e aprendizagens, incentivando a utilização de plataformas de aprendizagem e de ferramentas de comunicação.

75€

Conhecer o património histórico e natural do distrito de Setúbal

Oficina

25 horas

Todos os grupos de docência

Maria Joaquina Soares

28-03-2012

Das 18h30 às 21h30

Com esta ação de formação pretende-se dar resposta às orientações da política educativa, nomeadamente às exigências do currículo nacional, dos programas e das orientações programáticas em vigor. Trata-se de criar condições para que os docentes aperfeiçoem competências científicas e pedagógicas relevantes para o exercício da actividade docente, promovendo o sucesso dos alunos, prevenindo o abandono escolar e melhorando a qualidade das aprendizagens.

75€

Biblioteca escolar: desafios no contexto da escola atual

Curso

25 horas

Professores bibliotecários ao abrigo da Portaria 756/2009

A definir

Até ao final do ano letivo 2011/2012

A sociedade e a escola atuais confrontam-se hoje com processos de mudança com implementações na utilização de instrumentos através dos quais se aprende e se exerce a acção de educação.

Neste contexto, a biblioteca escolar apresenta-se como recurso crucial ao disponibilizar equipamentos, saberes e facultar possibilidades de trabalho inerentes ao desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem e das literacias do século XXI.

Os professores bibliotecários, colocados ao abrigo da Portaria 756/2009 de 14 de Julho, oriundos de diferentes grupos disciplinares e de todos os níveis de ensino, estão obrigados a responder a um conjunto de actividades no âmbito da biblioteca escolar, enquadra nos objectivos educativos e funcionais da Escola.

Este curso de formação pretende dotar estes docentes de um portfólio de competências nucleares ao exercício da função de professor bibliotecário e à existência de uma biblioteca com trabalho de qualidade nos diferentes domínios implicados no seu funcionário.

Bibliotecas Escolares e a WEB 2.0 (À distância/online)

Curso

30 horas

Professores bibliotecários ao abrigo da Portaria 756/2009

A definir

Até ao final do ano letivo 2011/2012

Esta oficina de formação, “A Biblioteca Escolar e a Web 2.0”, visa dar continuidade ao Plano de Formação em BE’s apresentado em 2007. Esta acção destina-se a aprofundar as temáticas dos ambientes digitais e dos dispositivos tecnológicos, designadamente a exploração da Internet como plataforma social, proporcionando novos ambientes de aprendizagem, promovendo meios de comunicação em rede, numa perspectiva de partilha de recursos, experiências e construção colectiva do conhecimento.

Esta formação destina-se, em primeiro lugar, ao professor bibliotecário/equipa da BE de forma a capacitá-lo para o uso inteligente e integrado das TIC, para a aquisição de novas competências que os dispositivos da WEB 2.0 coloca, constituindo uma resposta a estes desafios e uma possibilidade de encetar novos caminhos no que ao desenvolvimento de competências diz respeito, nos domínios da literacias, designadamente a tecnológica, de informação e da leitura. Visa ainda motivar os formandos para trabalhar e usar as potencialidades das tecnologias de informação, designadamente a Web 2.0, na criação e exploração de recursos disponíveis e de acesso livre, capazes de ajudar a criar novos ambientes de construção do conhecimento, entre as muitas possibilidade, as comunidades de aprendizagem e as comunidade prática, reunindo grupos, em torno de domínios específicos, que partilham os mesmos interesses e, desta forma, desenvolvem experiências, trocam instrumentos e vivenciam problemáticas comuns.

Avaliação da Biblioteca escolar: uma estratégia para a melhoria

Curso

25 horas

Professores bibliotecários ao abrigo da Portaria 756/2009

A definir

No inicio do ano letivo 2012/2013

Este cursos de formação que agora se propõe pretende dotar os formandos de um portfólio de conhecimentos no âmbito da avaliação das BEs, gerar novas oportunidades para o debate e reflexão, partilha de soluções para os problemas identificados, contribuindo para uma maior qualidade da acção da biblioteca escolar e consequente melhoria dos resultados das aprendizagens nas escolas.

NOTA: As acções de formação ficam condicionadas pelo número mínimo de inscritos (16 pessoas)

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 13 a 21 de MARÇO DE 2012

SEDE: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LIMA DE FREITAS, RUA BATALHA DO VISO – 2904-510 SETUBAL. Email: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Está aqui: Formação Docente Plano 2012